sexo-pos-partoO post de hoje é bem específico e terá como base um artigo muito interessante do site: www.truquesdabeleza.com.br, falaremos sobre como é o relacionamento logo após o nascimento de um filho…isso é algo que pode ser bem complexo de se falar, mas de forma alguma deve ser ignorado.
A gravidez é um momento tão sublime da vida de um casal, principalmente quando se trata de uma gravidez planejada e desejada, não que fora dessas condições não seja.

Independentemente das condições, muitos são os medos e anseios durante a gestação, em especial quando se trata do primeiro filho (a). Após o nascimento do bebê as coisas não mudarão muito, como por exemplo, a rotina sexual. A vida conjugal do casal pode ficar bastante comprometida se ambos não dialogarem sobre o assunto, conversar é fundamental nesses momentos e ajudará muito.

Dificuldades após a maternidade

Algumas mulheres após o parto sentem se inseguras com o corpo modificado pela gravidez, ficam incomodadas com o aleitamento materno, ficam com autoestima baixa e acabam rejeitando seus parceiros. Nesse momento delicado, a mulher necessitará de carinho, compreensão e segurança de seu companheiro para que ela passe por esse momento de forma mais tranquila.

Esta fase de compreensão e solidariedade é fundamental para que a relação não fique abalada. Muitos homens não encaram esse momento com tato e desprendimento, se sentem enciumados pela atenção que a mulher e outras pessoas dedicam ao bebê, que requer cuidados 24 horas e acabam não dando apoio as suas mulheres, partindo para a briga e até mesmo separação.

A depressão pós-parto é muito comum, acredita-se que afeta de 10 a 20 por cento das mulheres que tiveram bebês. A grande maioria das mulheres se sentem tristes nas primeiras semanas após o parto, o que chamamos de melancolia, e ela vai embora sozinha após os 15 primeiros dias do nascimento, o que é considerado normal. Agora, no caso da depressão pós-parto, a tristeza e falta de energia não melhoram com o tempo. É muito importante que o diagnóstico venha rápido, para que a mulher receba o tratamento.

Muitos são os fatores que podem contribuir para o quadro de depressão pós-parto, como alteração hormonal durante a gestação, o parto, a amamentação e além de tudo isso, o medo de não saber cuidar corretamente do bebê, a baixa autoestima com o corpo e forma como o companheiro se comporta a essas inseguranças.
Existem fatores que podem contribuir para uma superação deste momento… exercicios para gestantes: Yoga – hidroginastica e Pilates tendem a atenuar os sintomas e acelerar a recuperação física e psicologica da mulher.

Superação e Continuidade

Esse é um momento muito delicado e lindo ao mesmo tempo, a mulher necessita de muito carinho, atenção e apoio.  O parceiro precisa ajudá-la a superar todas essas crises, precisa estar presente, isso é muito essencial.

sexualidade maternidade

O relacionamento do casal após o parto não precisa ser traumático, tudo é questão de compreensão mútua e sempre estabelecer o respeito um pelo o outro, afinal é um momento de medos e anseios. Um bom diálogo expondo suas preocupações será essencial para uma vida conjugal saudável e gostosa, pois a gravidez não impede que o casal não tenha momentos íntimos e isso também não deve ficar de lado após o nascimento do bebê. O relacionamento talvez tenha algumas restrições, mas tudo é questão de conversar e descobrir novas maneiras de solucionar os conflitos, pois quando se ama tudo é possível. Uma criança é uma benção na vida e só pode trazer coisas boas, e pense que a partir do nascimento a família aumentou e que tudo que era dividido por dois agora será por três ou mais, tudo será maior.

reconquistar-marido-exQuando você ama uma pessoa, com certeza vai querê-la por perto. Isso vale para todo tipo de relacionamento, entre amigos, familiares, não importa o grau de parentesco, é sempre muito difícil. Agora tudo pode complicar mais ainda, quando se trata de relacionamento amoroso, diria que se torna um desafio e que muitos relacionamentos não resistem por muito tempo à distância.

Então separamos algumas dicas de vários sites, incluindo o www.amorecaffee.com que trás vários temas sobre relacionamentos.

Neste site é explicado que um relacionamento a distância não é fácil, requer paciência, sabedoria, diálogo e amor. E que você passará por muitos desafios, tais como:

  • Aceitação/negação: em um primeiro momento você achará que tudo estará acabado, que o relacionamento não resistirá a distância e que não vale nem a pena tentar. Muitos pensamentos negativos surgiram.
  • Insegurança: após o primeiro momento, a ideia não te assustará tanto e talvez decidam por tentar. Surgirá à insegurança, afinal estarão longe um do outro e provavelmente ocorrerá a traição. E os outros, o que vão dizer, que estarei perdendo tempo investindo nessa relação à distância.
  • Confiança: como decidiram por continuar juntos mesmo longe, virá à confiança, afinal um tem que confiar no outro.
  •  Ciúmes: sentirá ciúmes dos amigos, principalmente as amigas, colegas de trabalho, de todos, qualquer pessoa que esteja mais próxima do outro.
  • Saudades: eita mais que saudades, essa virá com toda força e terá que aprender a conviver com ela.
  • Comunicação: hoje em dia é muito mais fácil e rápido se comunicar com alguém que está distante, basta mandar uma mensagem de texto, usar o Skype para ver e conversar, fazer uma ligação, tentar passagens em oferta para visitar seu amor, são tantos meios que tudo se torna mais fácil do que se imaginava.

Embora muitos considerem o namoro a distância uma relação complicada e muito difícil de manter, quando se gosta de alguém e quer fazer essa relação dar certo, tudo é possível. Crie um sentimento de cumplicidade, proximidade e respeito com o parceiro e terá um relacionamento duradouro, saudável e prazeroso. Segue algumas dicas de como manter essa relação saudável:

  • Façam coisas juntos simultaneamente, mesmo separados, como assistir o mesmo filme na TV, fazer a mesma refeição como se estivessem um na frente do outro, podem utilizar o Skype por exemplo.
  • Enviem presentes, cartas, mimos, qualquer coisa que faça a outra pessoa se sentir lembrada e querida.
  • Façam planos para estarem juntos, inicie uma contagem regressiva.
  • Mandem fotos e vídeos mesmo que do cotidiano,
  • Flertem muito, não deixe a sexualidade esfriar, isso faz aumentar a expectativa para o próximo encontro.

saudades-maridoEssas são apenas algumas dicas de como reconquistar o ex namorado ou marido diariamente, para tornar tudo mais fácil e prazeroso mesmo a distância. Quando existe amor, tudo é possível, nenhuma distância é o suficiente para esfriar a relação. A confiança é fundamental em qualquer relacionamento, principalmente quando se está longe um do outro, portanto confiem e demonstrem sentimentos. Procurem manter o respeito e a credibilidade um do outro, isso evitará muitas brigas e desentendimentos desnecessários. Não é fácil ter longe quem está dentro do nosso coração, mas se vale a pena esse relacionamento à distância, então persista e acredite.

 

ciumentoÉ claro que está difícil arrumar um homem para se relacionar hoje em dia… mas isso não é motivo para você não ser seletiva!

Muitas mulheres não entendem isso e acabam se relacionando com homens que, falando sério…deveriam morrer sozinhos!
Neste post vamos falar sobre homens controladores…homens que não enxergam sua companheira como sua propriedade e estipulam regras e limites à elas.

Abaixo deixaremos alguns pontos que vão te permitir avaliar se seu atual namorado ou aquele cara que você está afim tem esse perfil…

1 – Insegurança

Essa característica pode ser notada quando o homem trata você como um policial interrogando um suspeito…pode parecer um comparação absurda, mas é justamente assim!

No início da relação esse “interrogatório” pode até estar maquiado com bom humor e piadinhas, mas ele quer mesmo é saber por onde você andou e com quem esteve…
Pode até parecer algo inofensivo ou aquele “ciúminho bom” mas dar asas a isso pode ser um erro enorme para a relação, pois pode ser que isso piore com o tempo e ele se sinta no direito mesmo de exigir explicações de sua ausência.

então…fique de olho pra isso não virar um problema.

2 – Ele controla suas amizades

Esse é outro problema que no início aparece bem maquiado…
Pode ser que ele queira marcar algo justamente no dia e horário que ele sabe que você marcou com suas amigos…
Ou pode ser que ele seja mais incisivo mesmo, criticando abertamente um amigo ou amiga sua a ponto de dizer que não quer ver você com essa pessoa.

É sempre bom saber a opinião do seu namorado sobre as suas amizades, até porque em muitos casos nós ja estamos tão acostumados com essa amizade que nem mesmo percebemos que ela pode mesmo nos atrapalhar…
Mas a escolha de continuar ou não se relacionando com esse amigo é totalmente sua… Não permita que relacionamento nenhum estipule de quem você deve ou não ser amiga!

3 – Ele tem sempre razão

Algo muito próprio de pessoas controladoras é que elas não admitem estarem errados ou de não serem consultados.
Com o tempo eles irão fazer você sempre pedir a opinião ou autorização dele antes de realizar alguma tarefa…
Caso não sejam consultados, eles sempre arrumam algum pretexto pra dizer que não é assim que se faz, ou que se você o tivesse consultado antes o resultado seria melhor…fala sério, ninguém quer um homem assim né?!

4 – Ciúme descontrolado

Esse ponto eu diria que é o mais difícil de quantificar…afinal, até que ponto o ciúme é aceitável?
Assim como a mulher, o homem também é ciumento. Pra falar a verdade é até algo positivo para a mulher que o homem sinta certo ciúme, todas nós queremos se sentir desejadas e o ciúme é um sentimento que desperta isso.

Mas quando o homem começa a nos interrogar, limitar as amizades, controlar nossos perfis em redes sociais e as vezes até aparecer em nosso local de trabalho ou estudo sem avisar… esse ciúmes já passou dos limites amiga!

Todos esses pontos são muitas vezes demonstrados de forma bem sutil no início do relacionamento, até para que você não se assuste e vá se acostumando com esse controle…
Mas esteja atenta para perceber esses indícios antes que já se veja mergulhada nesse relacionamento…como diria a nossa avó: é bom sempre cortar o mal pela raiz!

 

namorar serioEstá tão difícil de encontrar um homem que queira algo sério hoje em dia, que quando a gente acha ainda fica na dúvida 😀

Por isso…preparamos esse artigo com o objetivo de te mostrar alguns pontos para você comparar com seu atual namorado…
Claro que não será da noite para o dia que o rapaz irá mostrar todos esses pontos, até porque talvez ele também tenha tido más experiências com mulheres e esteja entrando com certo receio nessa nova relação…e isso é completamente normal!

Então vá com calma, não force a barra, mas estimule o rapaz a demonstrar esses pontos abaixo na relação de vocês.

1 – Ele é atencioso!

Quando digo atencioso, não é  apenas que ele olha pra você quando você fala… essa atenção deve ir um pouco além.
Por exemplo: Ele sabe de que cor você gosta? sabe quais comidas você não come de jeito nenhum? Ele se lembra de datas e lugares que tem significado pra vocês…como data e/ou local do primeiro beijo?

Esses são detalhes que um homem que esteja realmente interessado em você dificilmente deixaria passar despercebido…
Mas também não seja bitolada…se ele se esquecer de algo assim, não vá logo dizendo que ele não te ama…homens são meio desligados mesmo.
O importante é que você perceba que ele se esforça em lembrar…

2 – Ele procura saber mais sobre você.

Esse ponto aqui é mais destacado no início da relação justamente por ele ainda não saber muito sobre você…mas esse ponto também é perceptivo mesmo depois de anos de namoro.
Ele pode querer saber quais musicas você ouvia quando era mais jovem, pra onde você sonha em viajar, o que você estava fazendo quando tinha tal idade…

Essas são perguntas bem comuns quando o rapaz realmente deseja conhecer você melhor…pois mostra o interesse dele não só por quem você é hoje, mas o que contribuiu para chegar a esse ponto e quais os sonhos que movem você.

3 – Ele se abre com você.

Esse ponto é MUITO significativo…
Nós vivemos em uma sociedade que martela a cabeça dos homens com ideias machistas, dizendo que eles sempre precisam ser fortes e que demonstrar medos, preocupações ou sentimentos é bobagem!

Sendo que os homens só baixam essa guarda para alguém com quem já tenha uma relação bem mais próxima e com quem ele queira estreitar os laços…
Então se o seu namorado não tem mais bloqueios sobre esse tipo de assuntos com você, isso é um ótimo sinal!

4 – Os amigos dele sabem quem é você!

E quando digo isso é pra ser na totalidade mesmo!
Em muitos casos os amigos dele até conhecem você, mas conhecem como amiga…e não como namorada!
Ou então pode acontecer dele ter te apresentado como namorada e tudo…mas não queira que você estabeleça laços de amizade com os amigos dele. Isso também é algo que pode significar que ele não aposta tanto na relação, pois partilhar os mesmos amigos é integrar você totalmente à vida social dele.

Claro que cada um dos dois precisa de espaço, mas ter espaço não significa manter distancia!

5 – Ele faz planos com você

Talvez esse seja o maior indicativo de um relacionamento saudável, pois um relacionamento que não sonha, está simplesmente vivendo um dia de cada vez…sem expectativas ou planos!

E quando digo planejar, não é apenas planejar o noivado ou casamento…podem ser plano menores ou até maiores!
Esse ponto pode se manifestar por planejarem as próximas férias juntos, planejarem a compra de um bem em conjunto, como uma casa ou carro… e por que não dizer, planejar ter um filho!?

Esses planos revelam muito das intenções de um homem…
Se ele não tem receio algum de planejar com você, é muito provável que ele esteja mesmo te levando a sério…
Caso ele não faça plano algum com você e se esquive demais de tudo que você propõe a fazer em conjunto, abra o olho amiga!

Claro que todas essas dicas variam muito na sua aplicação…
Tem homens que já tiveram más experiências e por isso tenham um pouco mais de pé no chão na hora de planejar ou se abrir com você…mas a persistência dessas características devem sim ser levadas em conta para responder essa sua pergunta…

Afinal, não precisamos casar em 1 ano… mas também não queremos ser enroladas não é? 😉