E o Relacionamento pós Gravidez?

sexo-pos-partoO post de hoje é bem específico e terá como base um artigo muito interessante do site: www.truquesdabeleza.com.br, falaremos sobre como é o relacionamento logo após o nascimento de um filho…isso é algo que pode ser bem complexo de se falar, mas de forma alguma deve ser ignorado.
A gravidez é um momento tão sublime da vida de um casal, principalmente quando se trata de uma gravidez planejada e desejada, não que fora dessas condições não seja.

Independentemente das condições, muitos são os medos e anseios durante a gestação, em especial quando se trata do primeiro filho (a). Após o nascimento do bebê as coisas não mudarão muito, como por exemplo, a rotina sexual. A vida conjugal do casal pode ficar bastante comprometida se ambos não dialogarem sobre o assunto, conversar é fundamental nesses momentos e ajudará muito.

Dificuldades após a maternidade

Algumas mulheres após o parto sentem se inseguras com o corpo modificado pela gravidez, ficam incomodadas com o aleitamento materno, ficam com autoestima baixa e acabam rejeitando seus parceiros. Nesse momento delicado, a mulher necessitará de carinho, compreensão e segurança de seu companheiro para que ela passe por esse momento de forma mais tranquila.

Esta fase de compreensão e solidariedade é fundamental para que a relação não fique abalada. Muitos homens não encaram esse momento com tato e desprendimento, se sentem enciumados pela atenção que a mulher e outras pessoas dedicam ao bebê, que requer cuidados 24 horas e acabam não dando apoio as suas mulheres, partindo para a briga e até mesmo separação.

A depressão pós-parto é muito comum, acredita-se que afeta de 10 a 20 por cento das mulheres que tiveram bebês. A grande maioria das mulheres se sentem tristes nas primeiras semanas após o parto, o que chamamos de melancolia, e ela vai embora sozinha após os 15 primeiros dias do nascimento, o que é considerado normal. Agora, no caso da depressão pós-parto, a tristeza e falta de energia não melhoram com o tempo. É muito importante que o diagnóstico venha rápido, para que a mulher receba o tratamento.

Muitos são os fatores que podem contribuir para o quadro de depressão pós-parto, como alteração hormonal durante a gestação, o parto, a amamentação e além de tudo isso, o medo de não saber cuidar corretamente do bebê, a baixa autoestima com o corpo e forma como o companheiro se comporta a essas inseguranças.
Existem fatores que podem contribuir para uma superação deste momento… exercicios para gestantes: Yoga – hidroginastica e Pilates tendem a atenuar os sintomas e acelerar a recuperação física e psicologica da mulher.

Superação e Continuidade

Esse é um momento muito delicado e lindo ao mesmo tempo, a mulher necessita de muito carinho, atenção e apoio.  O parceiro precisa ajudá-la a superar todas essas crises, precisa estar presente, isso é muito essencial.

sexualidade maternidade

O relacionamento do casal após o parto não precisa ser traumático, tudo é questão de compreensão mútua e sempre estabelecer o respeito um pelo o outro, afinal é um momento de medos e anseios. Um bom diálogo expondo suas preocupações será essencial para uma vida conjugal saudável e gostosa, pois a gravidez não impede que o casal não tenha momentos íntimos e isso também não deve ficar de lado após o nascimento do bebê. O relacionamento talvez tenha algumas restrições, mas tudo é questão de conversar e descobrir novas maneiras de solucionar os conflitos, pois quando se ama tudo é possível. Uma criança é uma benção na vida e só pode trazer coisas boas, e pense que a partir do nascimento a família aumentou e que tudo que era dividido por dois agora será por três ou mais, tudo será maior.